21.3 C
Caldas da Rainha
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Temporada Darcos traz orquestra de ópera estatal da Hungria a Torres Vedras e Lisboa

No âmbito da “Temporada Darcos”, a Orquestra da Ópera Estatal da Hungria atua no próximo dia 8 de março, pelas 21h30, no Teatro-Cine de Torres Vedras.

Esse espetáculo musical integra-se no “Europa Sinfónica”, o mais ambicioso projeto da “Temporada Darcos”, iniciado no ano de 2016, e por meio do qual se pretende trazer a Portugal prestigiadas orquestras sinfónicas oriundas de diversas geografias europeias.

A Orquestra da Ópera Estatal da Hungria, com sede em Budapeste, é, sublinhe-se, a maior e a mais importante instituição artística de toda a Hungria e uma das mais antigas orquestras da Europa, constituindo-se como uma referência da história da música ocidental.

No espetáculo que protagonizará no Teatro-Cine de Torres Vedras interpretará, em conjunto com o aclamado pianista português, António Rosado, o concerto “Imperador”, de Beethoven – o mais imponente e magistral concerto para piano escrito por este compositor alemão -, a obra de Côrte-Real Todo o teatro é um muro branco de música, a qual é inspirada em poesia de Fernando Pessoa, e a Sinfonia n.º 40, de Mozart.

O programa do espetáculo que se realizará no Teatro-Cine de Torres Vedras no próximo dia 8 de março, e que será dirigido pelo maestro e compositor torriense Nuno Côrte-Real, é o seguinte:

N. Côrte-Real (n. 1971)

Todo o Teatro é um Muro Branco de Música, op. 45

W. A. Mozart (1756 – 1791)

Sinfonia n.º 40, em Sol menor, K. 550

L. van Beethoven (1770 – 1827)

Concerto para Piano e Orquestra em Mi bemol Maior, op. 73, “Imperador”

O preço dos bilhetes para se assistir ao espetáculo é de cinco euros.

Refira-se que o mesmo será repetido, no dia seguinte, 9 de março, pelas 21h00, na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa.

De recordar que a “Temporada Darcos” constitui-se como uma iniciativa singular no panorama musical nacional, na qual se divulga a música clássica segundo as suas diversas abordagens e matizes estilísticas, sendo dirigida por Nuno Côrte-Real. Os espetáculos desta temporada são na sua maioria interpretados pelo grupo Ensemble Darcos, um dos mais prestigiados grupos de música de câmara portugueses da atualidade, o qual é dirigido também por Nuno Côrte-Real e apresenta uma formação que varia consoante o programa de concerto. De realçar que têm participado na “Temporada Darcos” aclamados solistas e orquestras nacionais e internacionais, bem como proeminentes figuras do panorama musical nacional como comentadores. Sendo coorganizada pela Câmara Municipal de Torres Vedras e pela Darcos – Associação Cultural, a “Temporada Darcos” tem como ponto de partida o concelho de Torres Vedras e, mais especificamente, o Teatro-Cine de Torres Vedras. Em 2023 tem a sua 16.ª edição.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
32InscritosInscrever

Últimas Notícias