15.2 C
Caldas da Rainha
Quarta-feira, Maio 22, 2024

“Tejo Copo” assinala protocolo de apoio aos Produtores Vinícolas pelo Municipio de Santarém

O Município de Santarém e a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR TEJO) assinaram este sábado, 11 de março, pelas 15 horas, no evento “Tejo Copo”, no Convento de São Francisco, um protocolo de colaboração com o objetivo de apoiar a promoção dos vinhos produzidos no concelho de Santarém com o selo Vinhos do Tejo. Desta forma, o Município vai financiar com cinco mil euros, a participação dos vinhos do Tejo certificados em concursos nacionais e internacionais até ao final de 2023.

Este apoio insere-se no âmbito da estratégia do Executivo no apoio ao desenvolvimento agrícola do Concelho. Nuno Russo, Vereador da Câmara Municipal de Santarém, afirmou que “com este Protocolo, estamos a participar com a CVR Tejo numa iniciativa que visa a aposta, a promoção e a afirmação da atividade agrícola concelhia, na dinamização do agronegócio do território e na nossa região vitivinícola.
O Município pretende aumentar a visibilidade dos vinhos produzidos em Santarém oriundos da Quinta da Ribeirinha, da Quinta do Arrobe, da Quinta Monteiro de Matos, da Adega de Alcanhões, Duarte Durão e da Escola Superior Agrária de Santarém.”.

Luís de Castro, Presidente da Direção CVR Tejo, referiu que “a missão da CVR Tejo consiste em ajudar os produtores a aumentar a sua presença nos mercados estratégicos, com vinhos empolgantes e estilos diferenciados, oferecendo ao consumidor, continua e consistentemente, qualidade a bom preço. Ao longo dos últimos anos, a CVR Tejo tem desenvolvido um trabalho notório, junto dos produtores, permitindo a divulgação dos vinhos e o crescimento da região dos vinhos do Tejo, quer a nível nacional quer a nível internacional.”.

A participação nesses concursos, tem um retorno considerável na divulgação dos vinhos do Tejo, sendo de relevante interesse para o desenvolvimento da região, e dos concelhos a que respeitam os seus produtores, neste caso Santarém, promovendo-se uma atividade agrícola e económica de interesse municipal, mas também regional e nacional, contribuindo para o seu crescimento e reconhecimento.

Tejo a Copo

O Tejo a Copo teve lugar este sábado, entre as 15 e as 21 horas, no Convento de São Francisco, com centenas de pessoas a responderem afirmativamente ao convite para a degustação de vinhos dos 26 produtores presentes no certame.

Os visitantes que adquirissem um copo, no valor 3,5 euros, podiam provar todos os vinhos que os produtores trouxeram para o Evento. Vinhos que também estiveram à venda com preços promocionais. Para acompanhar os vinhos, o restaurante scalabitano “Amassa” apresentou seis sugestões de petisco, que podiam ser saboreados por 6 euros cada.

Também na edição de 2023, tiveram lugar as conversas sobre vinhos, em três sessões, com o sommelier Rodolfo Tristão. A animação musical esteve a cargo de um DJ, no recinto, e para abrilhantar a festa no exterior, a banda “Gato Maltês” deu um concerto nos claustros do Convento.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias