16.1 C
Caldas da Rainha
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Requalificação da zona de interface de transportes de Pombal concluída em junho

A requalificação da zona de interface de transportes de Pombal, no distrito de Leiria, investimento de cerca de 750 mil euros, deverá estar concluída no final de junho, disse hoje à agência Lusa o vereador Pedro Navega.

“A nossa previsão é a de que ela [a obra] esteja pronta no final de junho de 2023”, afirmou Pedro Navega, adiantando que as tarefas preparatórias da empreitada começaram há “duas, três semanas” e “agora vão começar com os trabalhos”.

De acordo com uma nota de imprensa da Câmara de Pombal, “a intervenção incide numa área atualmente condicionada pelas antigas instalações do centro de formação profissional da Cercipom, cuja demolição permitirá promover a requalificação daquela zona urbana da cidade, reorganizando-a e criando uma praça de interface que comunica com a estação ferroviária, com a central rodoviária, com a futura paragem do Pombus (Rede de Transportes Públicos Urbanos) e táxis, com uma doca de bicicletas de utilização partilhada e com bolsas de estacionamento automóvel”.

Segundo a mesma nota, os trabalhos consistem na “reformulação das vias rodoviárias na ligação ao interface (zona frontal adjacente à central rodoviária), na criação de uma praça ajardinada, na implementação de uma nova ligação à bolsa de estacionamento na Urbanização das Cegonhas e à passagem inferior de acesso à estação ferroviária, contemplando o tratamento de taludes e a plantação de árvores de sombreamento”.

A requalificação visa “promover a mobilidade e acessibilidade urbana e fomentar a utilização do transporte público urbano, bem como eliminar as barreiras físicas existentes”.

Este foi o quarto concurso lançado para o interface de transportes na cidade de Pombal, que chegou a ter um preço-base de 2,5 milhões de euros.

Pedro Navega, que tem o pelouro das obras públicas, entre outros, recordou que vários procedimentos ficaram desertos, já no anterior executivo.

“Quando nós pegámos nisto, o processo teve de ser todo refeito, porque o grau de execução que era necessário não nos permitia cumprir com a candidatura que tínhamos ao Portugal 2020, que teria de terminar no final de junho de 2023”, referiu, explicando que, tendo o município um prazo reduzido, houve a necessidade de “encurtar, também, o volume de trabalhos”.

Pedro Navega esclareceu que “a intervenção no edifício da rodoviária é, basicamente, o que caiu”, ressalvando que a autarquia vai tentar fazer uma intervenção ‘a posteriori’.

O vereador salientou que o mais importante é a ligação entre o edifício da rodoviária e a estação de caminho de ferro, assim como à bolsa de estacionamento que foi criada nas imediações.

A descida do preço do concurso deveu-se à redução do prazo e diminuição do volume de trabalho, precisou.

Em abril de 2022, a Câmara de Pombal anunciou o lançamento de um quarto concurso para requalificar a zona de interface de transportes na sede do concelho, por não ter sido possível, novamente, adjudicar a obra, disse então o vereador Pedro Navega.

“Apresentaram-se concorrentes, sendo que alguns disseram que o valor não era suficiente e outros apresentaram um valor superior ao preço-base. Nesse sentido, não era possível adjudicar a obra”, afirmou Pedro Navega.

Antes, tinham sido lançados outros dois, mas ambos ficaram desertos, tendo o projeto sido revisto.

“Neste momento, e tendo em conta que temos prazos a cumprir no âmbito da candidatura do PEDU [Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano], vamos fazer uma reformulação do projeto”, declarou, na ocasião, o autarca.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias