17.3 C
Caldas da Rainha
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Região de Leiria ultrapassa metas de execução de fundos europeus

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL) anunciou ter ultrapassado as metas de execução de fundos europeus, alcançando, no final de 2022, a maior taxa de realização de fundos da Região Centro.

Numa nota de imprensa enviada à agência Lusa, com novo ponto de situação relativo ao controlo das metas de execução para 2022 do Programa Operacional do Centro (Centro 2020), com data a 31 de dezembro, a CIMRL explicou que, na Região Centro, e considerando o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) e o Fundo Social Europeu (FSE), aquela comunidade intermunicipal apresenta um “desempenho bastante acima da média”.

A CIMRL “assegurou o cumprimento das metas fixadas para o ano de 2022, com um forte contributo do FEDER (com taxa de cumprimento de 126,8%) e uma prestação mais modesta do FSE (71,8%), em parte justificada pela aprovação de projetos de formação e capacitação em 2020/2021 cuja execução se prolongará até junho de 2023”.

“Em termos globais, o Centro 2020 encerrou o ano de 2022 com uma taxa de execução de 80,4%, valor que representa um nível de execução muito positivo, para o qual contribuíram de um modo muito relevante as comunidades intermunicipais”, assinalou a CIMRL.

Segundo a mesma nota de imprensa, a CIMRL “regista, no final do ano de 2022, a maior taxa de realização de fundos (74%) da Região Centro, que corresponde a 33 milhões de euros de fundos pagos aos beneficiários”.

A CIMRL realçou que este ano vai exigir “um esforço adicional”, sendo que o pedido é para manter “o foco na execução durante o ano de 2023”, para se garantir “a utilização da totalidade da dotação do programa e assegurar que chegam aos beneficiários municípios os apoios necessários à concretização dos seus projetos de investimento”.

Integram a CIMRL os municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

Fazem parte da Região Centro as comunidades intermunicipais Viseu Dão Lafões, Região de Aveiro, Beiras e Serra da Estrela, Região de Coimbra, Região de Leiria, Médio Tejo, Beira Baixa e Oeste, abrangendo uma centena de municípios.

Segundo o sítio na Internet www.centro.portugal2020.pt, o Programa Operacional da Região Centro, para o período 2014-2020, “tem como base uma estratégia de desenvolvimento regional partilhada e construída através de uma forte mobilização de todos os parceiros regionais”.

Para este período, o Centro2020 conta com “uma dotação de 2.155 milhões de euros, dos quais 1.751 milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e 404 milhões de euros do Fundo Social Europeu”, valor que “representa um acréscimo de 27% face ao anterior período de programação (2007-2013) e corresponde a um valor de 925 euros por habitante da Região Centro”.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias