21.3 C
Caldas da Rainha
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Praias de Peniche vão ter vigilância ao longo de todo o ano

As praias de Peniche, no distrito de Leiria, vão passar a ter vigilância ao longo de todo o ano, para aumentar a segurança e a notoriedade deste destino turístico de praia e surf, foi hoje anunciado.

O dispositivo, que será composto por cinco nadadores-salvadores com formação também em suporte básico de vida, uma viatura e uma moto todo-o-terreno, vai ser implementado “este ano”, afirmou o presidente da Associação dos Concessionários de Praia de Peniche, Bruno Bairros, em declarações à agência Lusa.

“Temos verificado um aumento significativo de utilizadores nas nossas praias não só no verão, mas também ao longo do ano, o que acabou por minimizar o turismo de sol e mar, e este projeto garante um dispositivo profissional de segurança, que vai permitir dar um maior acolhimento a todos os turistas e residentes do concelho e aumentar a atratividade ao concelho”, justificou Ângelo Marques, vereador do Turismo da Câmara Municipal de Peniche, também em declarações à Lusa.

De acordo com Bruno Bairros, a Associação dos Concessionários de Praia de Peniche identificou a necessidade de “ter um dispositivo que realmente colocasse Peniche como um destino seguro não só na época balnear, mas todo o ano”.

O empresário lembrou que, por ser uma península, Peniche é dos concelhos do país com condições para a prática diária do surf, com praias viradas a norte e a sul, e acolhe a única etapa portuguesa do campeonato mundial de surf, fatores que têm contribuído para o aumento do turismo.

“Estamos a falar de centenas de pessoas que acorrem às nossas praias e, portanto, sentimos aí uma necessidade de haver, então, este projeto para fazer face a essa utilização intensiva das praias durante todo o ano”, disse o concessionário.

Ainda segundo Bruno Bairros, muitos dos desportistas frequentam praias não balneares, sendo que as praias balneares correspondem às praias que são concessionadas.

“Temos uma série de praias selvagens ou não vigiadas que têm muita utilização por parte dos praticantes de desportos náuticos de deslize”, sustentou.

Por outro lado, para além do período da época balnear, entre junho e setembro, existem condições climatéricas que favorecem a frequência das praias do concelho.

“Depois do período oficial da época balnear, não existe vigilância, digamos oficial, e este projeto pretende colmatar essas lacunas e dar um acrescento de segurança para as famílias”, salientou.

O projeto “Peniche Península Segura”, que envolve uma empresa certificada em salvamento marítimo e formação de nadadores-salvadores, não substitui, mas reforça, os meios afetos na habitual época balnear.

Trata-se de “sistema móvel”, atendendo “à geografia e às condições atmosféricas do concelho e ao facto de haver mais utilização ora do lado norte, ora do lado sul”, explicou o presidente da Associação dos Concessionários de Praia de Peniche.

O empresário sublinhou ainda que o dispositivo vai conseguir deslocar-se “para todo o concelho de forma rápida, tanto no acesso às diferentes praias como depois na própria praia em si”, chegando à eventual zona de perigo em “cinco a dez minutos”.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
32InscritosInscrever

Últimas Notícias