15.2 C
Caldas da Rainha
Quarta-feira, Maio 22, 2024

Óbito/Galvão Teles: Presidente da República evoca “um grande democrata”

O Presidente da República evocou o advogado José Manuel Galvão Teles, que morreu hoje aos 84 anos, classificando-o como “um grande democrata” e combatente contra a ditadura.

Numa nota colocada no sítio da Presidência da Repíblica na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa lembra que “José Manuel Galvão Telles foi um grande democrata, um grande advogado, um grande lutador, desde a sua juventude, pela liberdade contra a ditadura, pelo pluralismo contra a repressão, pela igualdade contra a discriminação, pela fraternidade contra a exclusão”.

“Militante pelos ideais socialistas e, depois, dirigente do Partido Socialista, esteve presente praticamente em todos os momentos essenciais da vida política portuguesa dos últimos 50 anos”, escreve Marcelo, lembrando que o tinha condecorado em novembro passado com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.

O chefe de Estado apresenta à sua família de Galvão teles “a expressão de uma antiga amizade e grata solidariedade pelo seu contributo a Portugal”.

José Manuel Galvão Teles morreu hoje, em Lisboa, aos 84 anos, vítima de doença prolongada, sendo o seu funeral realizado no sábado, anunciou a sociedade de advogados que fundou.

Era advogado há 60 anos, com inscrição na Ordem dos Advogados em 1963 e desde jovem que se destacou na luta ativa pela democracia, tendo ficado “reconhecido como um político convicto da importância dos direitos fundamentais e um homem de cultura”.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias