16.1 C
Caldas da Rainha
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Município da Nazaré é 3º no Ranking Nacional com maior presença na internet

O Ranking da presença online dos municípios portugueses foi apresentado, recentemente, na Universidade do Minho, numa iniciativa daquela Universidade, da AMA e UNU-EGOV em que se efetuou a atribuição de diplomas às câmaras municipais melhor classificadas.

A Nazaré lidera o critério 2 da “Acessibilidade, Navegabilidade e Facilidade de Acesso”, um dos 4 que contribui para o índice global da presença online dos 308 Municípios Portugueses, onde a Nazaré surge em 3º lugar a nível nacional.

O evento, de ontem, contou com intervenções do presidente da AMA, João Dias, da equipa do projeto IPIC – Delfina Sá Soares, Luís Amaral, Mariana Lameiras e Luís Miguel Ferreira – e do diretor para a Transição Digital do Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE), João Nuno Oliveira.

O programa inclui a atribuição de diplomas às autarquias classificadas nas dez primeiras posições no índice global, bem como em quatro categorias: tipo e atualização de conteúdos; acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização; serviços online; e participação.

A Nazaré posicionou-se nos primeiros dez lugares em dois dos quatro critérios, estando em 1º lugar no critério da acessibilidade, navegabilidade Facilidade de Acesso e em 9º no critério 4, relativo à participação. A nível nacional é a 3ª Câmara com maior presença na internet.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Walter Chicharro, o posicionamento da Nazaré como o 3º a nível nacional é fruto do “investimento que tem vindo a ser feito no sentido da facilitação do contacto com munícipes e utilizadores via site, numa lógica de proximidade, eficiência e modernização administrativa”.

“Conseguir um 3º lugar no Ranking Global, deixando para trás tantos municípios, com muitos mais meios e recursos, é um registo de sucesso que ainda assim vamos querer melhorar, garantindo assim ainda melhores serviços, mais próximos e mais fáceis para quem necessita de desenvolver os seus assuntos e processos com o Município da Nazaré”.

A 11ª edição do IPIC, criado em 1999 pelo Observatório da Sociedade da Informação, ligado à Escola de Engenharia da Universidade do Minho, tem como finalidade avaliar a presença online dos municípios nacionais de forma periódica e no seguimento da resolução do Conselho de Ministros 22/2001, que defende uma avaliação regular dos sites dos organismos da administração direta e indireta do Estado.

O presidente da AMA, João Dias, disse que “o Digital é incontornável” e que é, cada vez mais, uma ferramenta auxiliar dos Municípios para “gerirem melhor as suas cidades”, e que todos temos que dominar, pois “quem melhor conseguir melhor usar as ferramentas melhor serviços poderá prestar, atrair mais pessoas, e mais talento”.

O Reitor da Universidade do Minho encerrou os trabalhos manifestando o desejo deste trabalho ser “um estímulo à persecução dos objetivos” de cada Município.

Ranking Nacional
10º Mogadouro
10º Cantanhede
9º Montalegre
8º Figueira Foz
7º Guimarães
6º Águeda
5º Braga
4ª Oeiras
3ª Nazaré
2ª Murça
1ª Odemira

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias