17.3 C
Caldas da Rainha
Sexta-feira, Junho 14, 2024

Médio Tejo: Rastreadas 5.000 crianças a problemas visuais e auditivos

O projeto “Promoção do Sucesso Escolar no Médio Tejo – Correção de Problemas Visuais e Auditivos”, iniciado no ano letivo 2016/2017 pela Comunidade Intermunicipal, permitiu rastrear, até ao momento, 5.000 crianças, 15% das quais evidenciam défice auditivo e 10% visual.

Em comunicado, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) afirma que, “na sequência dos rastreios realizados nas escolas, a cada criança que se suspeita de défice visual é atribuído um ‘voucher’”, de 125 euros, para as correções necessárias, sendo as situações de défice audiológico encaminhadas para os serviços de saúde.

O projeto é desenvolvido pela CIMT em parceria com os municípios do Médio Tejo e respetivos agrupamentos de escolas, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, o Centro Hospitalar do Médio Tejo, a Direção de Serviços de Educação da Região Centro e a Direção de Serviços de Educação da Região de Lisboa e Vale do Tejo.

O projeto insere-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Intermunicipal da Educação (PEDIME), cofinanciado pela União Europeia, Portugal 2020 e Programa Operacional do Centro 2020, através do Fundo Social Europeu, lê-se na nota.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias