13.4 C
Caldas da Rainha
Segunda-feira, Maio 20, 2024

Mau tempo: Prejuízos em Vila Franca de Xira são de 9,2 ME

O município de Vila Franca de Xira contabilizou cerca de nove milhões de euros de prejuízos decorrentes das intempéries de dezembro e pretende lançar um apoio de meio milhão de euros, divulgou hoje o presidente da câmara.

A contabilização dos estragos verificados neste município do distrito de Lisboa foi feita hoje pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo Ferreira (PS), durante a reunião pública do executivo.

“Já efetuámos o levantamento dos estragos causados pelas intempéries. Totalizam no nosso concelho cerca de 9,2 milhões de euros, o grosso em infraestruturas e equipamentos municipais. Em habitações e atividades económicas os danos rondam cerca de 600 mil euros”, adiantou o autarca.

No seguimento da apresentação destes números, Fernando Paulo Ferreira anunciou que pretende criar um programa de apoio de emergência, no valor de meio milhão de euros, para “procurar acelerar os apoios nas partes não cofinanciadas pelo Estado”.

“Ainda esta semana estive numa nova reunião com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional para ir afinando este processo. A ideia é garantir um apoio inicial para os danos reportados, que possam ser comprovados”, explicou.

A chuva intensa e persistente que caiu durante vários dias de dezembro causou inundações, danos em habitações e comércio, quedas de árvores e cortes de estradas e uma vítima mortal, afetando sobretudo os distritos de Lisboa, Setúbal, Portalegre e Santarém.

No concelho de Vila Franca de Xira, a cidade de Alverca do Ribatejo foi um dos pontos mais afetados.

O Governo visitou alguns locais afetados e pediu um levantamento dos danos, no limite, até 15 de janeiro, para agilizar mecanismos de apoio, tal como pedido reiteradamente pelas autarquias, que também criaram linhas de ajuda para famílias e empresas.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias