17.3 C
Caldas da Rainha
Sexta-feira, Junho 14, 2024

JMJ: Total da despesa do Estado é de 30 milhões de euros – Governo

A despesa do Estado com a organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Lisboa, em agosto, será de 30 milhões de euros, segundo uma nota emitida hoje pelo Governo.

As responsabilidades e compromissos assumidos pelo Estado na Jornada Mundial da Juventude poderão ir “até aos 21,8 milhões de euros”, refere a nota enviada à Lusa pelo Gabinete da Ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares.

A este montante somam-se 8,2 milhões de euros de um contrato “adjudicado pela IP (Infraestruturas de Portugal) para a deslocação do terminal de contentores”.

“Total da despesa do Estado: 30 ME”, sem ser aqui considerado o imposto sobre o valor acrescentado (IVA), já que este reverte a favor do Estado, diz o Governo na nota, onde acrescenta que “o Estado participará também através do apoio, nomeadamente, na área da saúde, segurança, socorro e mobilidade”.

Os 21,8 milhões de euros referidos englobam “o conjunto de encargos assumidos” pelo Estado, incluindo os montantes relacionados com a unidade de missão, a aquisição das torres multimédia, instalações sanitárias, transmissão televisiva, abastecimento de água, ponte militar, promoção do país no estrangeiro, centro de comando e segurança, centro de apoio à imprensa nacional e internacional”, detalha o ministério de Ana Catarina Mendes.

Já os 8,2 milhões de euros resultam do contrato para a deslocação do terminal de contentores, “no âmbito da requalificação, valorização ambiental e fruição da zona ribeirinha do parque da Bobadela”, refere ainda.

Estes valores hoje divulgados veem corrigir as estimativas feitas pelo Governo em outubro e que apontavam para um gasto na ordem dos 36,5 milhões de euros na Jornada Mundial da Juventude.

A realização da Jornada Mundial da Juventude em Lisboa terá um custo de pelo menos 161 milhões de euros, segundo as estimativas apresentadas pela Igreja Católica, pelo Governo e pelos municípios de Lisboa e Loures.

Os custos da JMJ têm estado em destaque esta semana depois de ser conhecido que a construção do altar-palco do espaço do Parque Tejo (com nove metros de altura e capacidade para 2.000 pessoas), a cargo do município da capital, foi adjudicada à Mota-Engil por 4,24 milhões de euros (mais IVA), somando-se ainda a esse valor 1,06 milhões de euros para as fundações indiretas da cobertura.

​​​​​​​A JMJ é o maior encontro de jovens católicos de todo o mundo com o Papa, que acontece a cada dois ou três anos, entre julho e agosto.

Este ano realiza-se em Lisboa, entre 01 e 06 de agosto, sendo esperadas cerca de 1,5 milhões de pessoas.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias