16.1 C
Caldas da Rainha
Sexta-feira, Junho 14, 2024

GNR detém 702 pessoas numa semana incluindo 20 por violência doméstica

A GNR deteve 702 pessoas em flagrante delito, a maioria por conduzirem alcoolizadas (272) ou sem carta de condução (183), e 20 delas por violência doméstica, em operações realizadas ao longo da semana passada, anunciou hoje a corporação.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana (GNR) destaca, além das detenções ligadas à atividade rodoviária, 76 por tráfico de estupefacientes, durante “um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 03 e 09 de março”.

Em quarto lugar nos crimes que levaram a mais detenções surge a violência doméstica (20 detidos em flagrante delito) nestas operações que, refere, se desenrolaram “além da sua atividade operacional diária”.

A prevenção e o combate à criminalidade foi um dos objetivos destas operações, em que a GNR apreendeu 16.609 doses de heroína, 3.265 doses de haxixe e 2.822 doses de cocaína, além de outras drogas, incluindo sintéticas.

Nas operações destinadas a travar a sinistralidade rodoviária, outro dos objetivos, a Guarda detetou 8.987 infrações, a maioria por excessos de velocidade (1.465) e por falta de inspeção do veículo (865), mas também por as pessoas não usarem o cinto de segurança ou não terem sistema de retenção para as crianças (650) e por utilizarem o telemóvel durante a condução.

A GNR deteve também 19 pessoas por furto e roubo, 11 por posse ilegal de armas e arma proibida e uma pessoa por incêndio florestal, sendo estes ainda dados provisórios das operações que efetuadas ao longo de uma semana.

Entre as apreensões feitas contam-se ainda 14 armas brancas ou proibidas e 10 armas de fogo e munições de diversos calibres, indica a Guarda no comunicado.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias