15.2 C
Caldas da Rainha
Quarta-feira, Maio 22, 2024

Apreendida mais de uma tonelada de cobre em empresa de Alcobaça

Mais de uma tonelada de metais não preciosos furtados foi apreendida numa empresa de comércio de resíduos metálicos, na localidade de Martingança, no concelho de Alcobaça, distrito de Leiria, informou hoje a GNR.

Ao todo, foram apreendidos na quinta-feira “1.300 quilos de cobre furtado que se encontrava numa empresa de comércio de resíduos metálicos e que consistem, sobretudo, em cabos de telecomunicações de uma operadora”, disse à agência Lusa o comandante do Destacamento Territorial de Leiria, capitão Daniel Matos.

No âmbito da operação, a empresa foi constituída arguida “por suspeita do crime de recetação”, informou ainda o comandante, esclarecendo que a “empresa, que tem até dimensão internacional, não recebe metais de particulares, mas apenas de outras sucatas mais pequenas onde o cobre furtado poderá ter sido vendido”.

A GNR admite que, “do decorrer na investigação, possam ser constituídos novos arguidos”.

Foram ainda elaborados três autos de contraordenação por incumprimento do título único ambiental e dos procedimentos para armazenamento de gases fluorados, bem como por falta de licenciamento para movimentação de solos, punível com uma coima que pode ascender a 290 mil euros.

Os factos foram remetidos para as entidades administrativas competentes, nomeadamente à Câmara Municipal de Alcobaça, à Agência Portuguesa do Ambiente e à Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT) e comunicados ao Tribunal Judicial de Alcobaça.

A apreensão “não está diretamente relacionada”, mas decorre de uma investigação em curso há cerca de dois meses, por furtos de baterias usadas nas antenas das várias operadoras de telecomunicações, ocorridos nos concelhos de Leiria, Alcobaça e Caldas da Rainha.

A investigação culminou, na quarta-feira, com a detenção em flagrante de três homens com idades compreendidas entre os 21 e os 29 anos.

No decorrer desta primeira operação foram apreendidas oito baterias, três telemóveis, uma viatura e diversas ferramentas utilizadas para a prática do ilícito, divulgou na altura a GNR em comunicado.

Artigos Relacionados

Redes Socias

5,247FãsCurtir
2,571SeguidoresSeguir
31InscritosInscrever

Últimas Notícias